PT

home-logo

PT

Campanha – “O Discurso de Ódio não é Argumento. #daravoltaaotexto #EAPN”

A
EAPN Portugal/ Rede Europeia Anti-Pobreza é uma organização não-governamental
que tem como missão contribuir para
a construção de uma sociedade mais justa e solidária, baseada no respeito pelos
Direitos Humanos e no exercício pleno de uma cidadania informada, participada e
inclusiva.

Neste sentido a EAPN Portugal lança, no dia 6 de abril, no âmbito da Semana
da Interculturalidade, uma campanha nacional, contra o discurso do ódio, sob o
lema “O Discurso de Ódio não é
Argumento. #Daravoltaao texto #EAPN”. O discurso de ódio tem vindo a ganhar
cada vez mais espaço dentro da Europa e em Portugal não é exceção. Este
discurso encontra-se reproduzido não só num “português suave” em conversas e
comentários espontâneos, mas também de forma explícita através das redes
sociais, de caixas de comentários de notícias, nas paredes das cidades ou mesmo
em ações de ruas.

Breve descrição
da Campanha:

No Dicionário
de Expressões Correntes, de Orlando Neves, edição da Editorial Notícias,
«dar a volta ao texto» significa «argumentar de modo a convencer outrem de uma
posição contrária à que defendia»

Tendo por base vários
tipos distintos de discriminação pretende-se com estas soluções gráficas
“dar a volta” a frases típicas do discurso de ódio, apresentando um
“plot twist” simples, com um discurso humano, digno e com algum
humor, com o objetivo de desarmar a futilidade com que muitas dessas ofensas
são proferidas e provocando a reflexão critica sobre esses preconceitos.

A campanha é direcionada para as redes
sociais e a imagem associada pretende aumentar o impacto e as partilhas pela
sua forma colorida, direta e humorada. Pretende-se no dia de lançamento, com a
conceção e distribuição de t-shirts com as frases da campanha, a colaboração
de uma série de pessoas, dos mais variados contextos económicos e sociais e com
ligação à cultura, ao desporto, à televisão, à rádio, etc de forma a aumentar a
sua propagação e impacto nas redes.

Frases da campanha:

·        
Se vêm para cá têm é
que respeitar
e ser respeitados.

·        
Toda a gente sabe que o lugar da mulher é onde ela quiser.

·        
Faziam bem era se fossem trabalhar
com ordenados dignos.

·        
Se tem algum jeito, uma pessoa ser
aquilo que é.

·        
Vai mas é para a tua terra, aqui não
há lugar ao racismo. 

Produtos da Campanha:

·        
Imagens gráficas
para o feed e stories de Instagram e facebook,

·        
Pequenos vídeos
com as frases individuais para as stories de Instagram

·        
Um vídeo completo
para o facebook e site

 

Esta
campanha foi desenhada pelo Miguel januário e estará em vigor de 6 a 30 de
abril

Veja o vídeo aqui: https://youtu.be/BJJ7X1gJz4k

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp